Um olhar (que se pretende) diferente sobre as coisas, num mundo em que muitas vezes nos sujeitamos à ditadura do politicamente correto. Não diferente só por ser diferente mas por ser pertinente.
04 de Setembro de 2014

Notícia do Correio da Manhã:

"A PSP de Lisboa informou esta quarta-feira que deteve uma mulher de 38 anos suspeita do crime de burla qualificada, no Parque das Nações.
Segundo a força policial, a detida fez-se passar por jurista e gestora de negócios de uma empresa moçambicana e alugou quartos em hotéis durante alguns dias, efetuando despesas superiores a 12 mil euros, além de que contratou um motorista privado a uma empresa, também burlada em 5900 euros.
A suspeita já se encontra referenciada desde julho de 2013, altura em que terá burlado um empresário de Vila Verde, em Braga, solicitando a prestação de serviços para o próprio casamento, no valor de oito mil euros. De acordo com a polícia, em agosto de 2010, na zona de Algés (Oeiras), valendo-se da suposta função de empregada doméstica, a detida terá também lesado uma mulher de 91 anos em cerca de 89 mil euros, furtando da residência peças de decoração, acessórios de ourivesaria e outros valores.

A mulher, detida na terça-feira, ficou sujeita a termo de identidade e residência."

Espera... Um burlão é uma pessoa exímia a mentir, a enganar, um mestre da ilusão e do logro. E vai respeitar uma medida de termo de identidade e residência??? Estamos à espera que fuja para voltarmos a gastar recursos em nova detenção e nova audiência? Porque não fica já detida? E os próximos que burlar pelo simples facto de estar em liberdade, não terão direito a ser ressarcidos por um estado que teve a burlona na sua custódia e a libertou? Podia ter evitado a continuação dos atos e não o fez? Andamos a pagar demasiado para sermos tão mal servidos. Seja por causa de quem faz a leis, seja por quem as aplica... Porra, se peço um café numa pastelaria não quero recebê-lo só à 3ª tentativa depois de o pagar 3 vezes...

 

publicado por urreivainu às 11:26
17 de Abril de 2014

 

Norueguês descobre vibrador dentro de bacalhau Pescador chocado com descoberta.   Um pescador ficou chocado quando descobriu um vibrador dentro de um bacalhau de seis quilos, no mar no norte da Noruega. "Nestas águas temos um tipo de polvo multicolor, talvez o bacalhau tenha pensado que o vibrador seria um deles e o tivesse comido", explica Bjorn Frilund, de 64 anos, ao jornal 'The Local'. Apesar de se desconhecer como o brinquedo sexual foi parar às águas, o pescador  apresenta uma explicação quanto à origem do aparelho: "Talvez uma mulher frustrada que deitou o vibrador ao mar enquanto viajava num cruzeiro."

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/internacional/insolito/noruegues-descobre-vibrador-dentro-de-bacalhau

 

 

Mas desde quando é notícia que o bacalhau gosta de vibrador????

 

 

 

publicado por urreivainu às 19:33
10 de Abril de 2014

Mas que nós pagamos na mesma.

 

A propósito desta notícia: http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/detalhe/portugal_mal_classificado_no_painel_dos_transportes_da_comissao_europeia.html

 

"No topo do quadro estão os Países Baixos, a Alemanha, Suécia, Reino Unido e Dinamarca.

Bruxelas teve em conta o mercado único (acesso ao mercado, regulação), a infra-estrutura, o impacto ambiental, a segurança, a transposição do direito da UE, infracções ao direito, inovação e investigação e logística”.

A pontuação mais elevada, a dos Países Baixos, foi de 11. Portugal teve um resultado de seis pontos negativos. Abaixo do País estão a Roménia, Lituânia, Grécia, Bulgária e Polónia."

 

Já andei de transportes públicos em Amsterdão, Budapeste, na Áustria e na Alemanha e em qualquer uma dessas realidades, naquilo que realmente interessa, os transportes funcionam MUITO MELHOR do que em lisboa. Raras vezes esperei mais do que 5 minutos pelo autocarro, metro ou trolley.

Em nenhum destes países vi um sistema de validação de bilhetes tão tecnológicamente sofisticado como o nosso. Não confundir sofisticado com funcional. Mas foi nisso que investimos....

 

 

 

publicado por urreivainu às 09:00
13 de Março de 2014

Em Portugal (o poder público) não se previne, remedeia-se. Remenda-se. Faz-se a coisas por entusiasmo, seja eleitoralista ou outro, faz-se impensadamente (ou pensado em interesses que não o público) e depois logo se vê. Quem vier a seguir que feche a porta, que pague, que resolva a dívida. O triste é que sempre foi assim.... Mesmo as oposições mais extremistas abarcam em projectos orelhudos e populistas (acabe-se com as comissões bancárias, direitos dos homossexuais a afins...) mas não se vê ninguém a fazer seu cavalo de batalha um plano oficial de contabilidade público mais rigoroso, orientado pelos princípios que se exige às empresas privadas, nem a responsabilização pessoal pelos desvios e desvarios com dinheiros públicos. O tribunal de contas vai noticiando as sucessivas incúrias e não acontece nada.... 

 

Vejo muito do portugal de hoje em dois artigos que li esta semana:

http://expresso.sapo.pt/reestruturacao-da-divida-se-correr-o-bicho-pega-se-ficar-o-bicho-come=f860263

100 anos depois: http://www.dinheirovivo.pt/Economia/Artigo/CIECO329052.html?page=0

 

As perspectivas não são boas e enquanto esta gente (a nossa gente, NÓS) nos governar não me parece que a lógica mude muito. Quem está na oposição só pensa em conquistar o poder. Exige todas as facilidades, promete dar tudo. Quem exerce, tira à classe média, aos que não podem fugir, não incomoda os poderes instalados e assegura o seu futuro... E assim vão alternando. TODOS. Falámos mal da Troika, da Merkel, dos alemães, deste e daquele lá de fora (porque é mais fácil) mas os países deles não têm o nosso défice, não precisam de intervenção externa e por isso conduzem as suas políticas (PORQUE PODEM) com maior credibilidade, menos austeridade, menos desemprego e MELHORES RESULTADOS. 

 

Deixo aqui para memória futura: O próximo órgão de poder a ficar insolvente, é aquele que agora esbanja dinheiro, o que tem e o que não tem, são as Juntas de Freguesia. É ver as obras que estas estão a fazer. Remodelam-se pracetas que eram funcionais, mudam-se estradas que funcionavam bem, arranjam-se passeios que ninguém usava nem usa, remenda-se todos os anos os mesmos buracos duas vezes por ano, etc.... As juntas de freguesia são as próximas "Câmara Municipal de Lisboa" e de Vila Nova de Gaia em termos de buraco financeiro.... 

 

publicado por urreivainu às 10:55
28 de Fevereiro de 2014

E depois há aquelas que vão para além....

 

 

Fim (quando eu morrer)

Quando eu morrer batam em latas,
Rompam aos saltos e aos pinotes,
Façam estalar no ar chicotes,
Chamem palhaços e acrobatas!

Que o meu caixão vá sobre um burro
Ajaezado à andaluza...
A um morto nada se recusa,
Eu quero por força ir de burro.

Música: João Gil
Letra: Mário de  Carneiro
In: "Terra Firme" 87

"Sepes" 1986

 

 

 

 

publicado por urreivainu às 11:09
tags:
26 de Fevereiro de 2014

Corre hoje a seguinte notícia:

 

Café pode aumentar 50%: portugueses poderão ter de pagar quase 1 euro pela bica.

 

Aparentemente, fruto do aumento da matéria prima, o preço do café, vulgo bica, poderá subir até 1 Euro. Aumento da matéria prima??? Em 2011 cotava a 270 Dólares (USD). Hoje cota a 174 (sensivelmente). Se aumentar 50%, cotará  a 261, portanto abaixo de 2011... Andam a enganar quem?

 

http://www.nasdaq.com/markets/coffee.aspx?timeframe=5y

publicado por urreivainu às 16:14

Já para não referir o (estupidificante) hábito nacional das conversões cambiais (é que o câmbio muda todos os dias... portanto quando se lê a notícia uma semana ou um mês depois, a importância no valor original mantém-se, mas a convertida já não... Parece-me portanto desnecessária a conversão das divisas mais comuns...), agora 500 mil dólares Americanos não são 363 milhões de Euros em tempo algum. Esperemos nós....  

 

Registe-se também que nos EUA, as multas às empresas são a doer, como cá doem, p. ex., as de trânsito aos particulares.... Quantas vezes não vimos em Portugal empresas cotadas em Bolsa serem multadas em 5 ou 6 mil Euros....  

 

 

 

tirei daqui: http://sol.sapo.pt/inicio/Internacional/Interior.aspx?content_id=100206

publicado por urreivainu às 16:11
06 de Fevereiro de 2014

Corria o não muito longínquo ano de 2001 e a Apple lançava o primeiro iPod, aquele dispositivo móvel de reprodução de música.

A Sony tinha TUDO para lançar um produto do mesmo género com mais hipóteses de sucesso. Tinha o domínio dos canais de distribuição e a experiência nos antecessores Walkman e Discman. Estranhamente, não o fez. Não se lançou de pronto neste mercado... A principal razão deve-se à aquisição por parte da Sony de importantes empresas americanas de conteúdos, nomeadamente editoras discográficas. A Sony temeu que ao produzir leitores portáteis de ficheiros de audio, faria perigar as suas receitas de vendas de Cd's... 

Pois, a Sony não o fez mas apareceu quem o fizesse e a Apple passou não só a lucrar com a venda de iPods mas também com a venda de música digital no iTunes, criando todo um admirável mundo novo de receitas. A Sony, mais preocupada com direitos de autor, receitas provenientes de modelos esgotados, DRM's e afins perdeu irremediavelmente a sua oportunidade. 

 

Quem conheceu a Sony de 2001 jamais previria estas duas notícias:

 

 

publicado por urreivainu às 13:10
26 de Janeiro de 2014

"Presidente pediu expressamente ao Ministério Público (MP), por escrito, que mantivesse o "procedimento criminal" contra o cidadão que o terá ofendido, em Elvas, nas cerimónias do 10 de Junho."

 

http://www.dn.pt/politica/interior.aspx?content_id=3645524&page=1

 

ARTIGO 328.º
(Ofensa à honra do Presidente da República)

1- Quem injuriar ou difamar o Presidente da República, (...) é punido com pena de prisão até 3 anos ou com pena de multa.

2- Se a injúria ou a difamação forem feitas por meio de palavras proferidas publicamente, de publicação de escrito ou de desenho, ou por qualquer meio técnico de comunicação com o público, o agente é punido com pena de prisão de 6 meses a 3 anos ou com pena de multa não inferior a 60 dias.

3- O procedimento criminal cessa se o Presidente da República expressamente declarar que dele desiste.

 

 

Acontecesse esta notícia e esta lei num país africano, no Zimbabué de Mugabe ou na Angola de José Eduardo dos Santos, por exemplo, e quase todos os que lêem estas linhas pensariam em ditadores, repúblicas de bananas, despotismo e afins.  Mas não. Esta notícia e esta lei, acontecem na nossa democracia, naquela em que nos vendem que temos todos os mesmos direitos e que somos iguais perante a lei. 

publicado por urreivainu às 16:23
21 de Novembro de 2013

Subitamente o Irão mudou o seu discurso, envia ministos aos EUA, mostra abertura em relação ao seu programa nuclear....

 

"Iran was the second-largest producer in the Organization of Petroleum Exporting Countries until last year, then tumbled to sixth place as sanctions toughened. The country pumped 2.6 million barrels daily in October, data compiled by Bloomberg show."


fonte: http://www.bloomberg.com/news/2013-11-20/gulf-arabs-face-mixed-blessing-from-an-iran-accord-arab-credit.html


Se querem acabar com um conflito, seja na Líbia, na Sérvia ou em Moçambique é ir atrás do dinheiro. Congelem-se as contas e o património dos líderes e seus familiares que as posições são logo revistas e a motivação para o conflito diminui....

publicado por urreivainu às 13:30
mais sobre mim
Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
pesquisar neste blog