Um olhar (que se pretende) diferente sobre as coisas, num mundo em que muitas vezes nos sujeitamos à ditadura do politicamente correto. Não diferente só por ser diferente mas por ser pertinente.
14 de Dezembro de 2017

Esta coisa da Raríssimas inspirou-me. Estou a pensar criar a Ainda Mais Raras - Associação de Doenças Tão Raras que Ninguém Tem.

De seguida é só envolver no projeto figuras públicas credíveis e angariar donativos. E depois ter um bom pacote salarial.

E isto não é enganar ninguém. Trata-se de uma associação de doenças tão raras que NINGUÉM tem. Exemplos:

- Síndrome do político que põe do bolso no erário público,

- Síndrome da pessoa distraída que passa para trás de outros nas filas do supermercado,

- Síndrome da pessoa com doença mental que insiste em entrar num transporte público só após todos os outros,

- Síndrome da pessoa que numa discussão admite frequentemente não ter razão e pede desculpa,

- Síndrome do Sportinguista que acha que o clube sofre derrotas por demérito próprio,

- Síndrome do Benfiquista que acha que o Eusébio não foi o melhor futebolista português de sempre,

- Síndrome do Trabalhador que acha que é mau trabalhador somente por culpa própria,

- Síndrome do Ciclista que se acha obrigado a cumprir o código da estrada,

- Síndrome do Funcionário Público que acha imoral não se reger pelas regras do emprego no privado,

- Síndrome do pai/mãe que acha que ir deixar/apanhar o filho à escola não lhe dá o direito de estacionar a viatura de qualquer maneira,

- Síndrome do médico que atende os pacientes à hora marcada,

- Síndrome do presidente de câmara poupado,

- Etc...

 

publicado por urreivainu às 16:23
posts recentes

Inspiração

mais sobre mim
Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
pesquisar neste blog