Um olhar (que se pretende) diferente sobre as coisas, num mundo em que muitas vezes nos sujeitamos à ditadura do politicamente correto. Não diferente só por ser diferente mas por ser pertinente.
09 de Setembro de 2015

Chuuuupa IOS!

http://pplware.sapo.pt/smartphones-tablets/android/o-lollipop-esta-finalmente-a-crescer-no-ecossistema-android/

publicado por urreivainu às 15:21
08 de Setembro de 2015

Nunca usei um Uber. Mas hei-de experimentar e tomei essa decisão hoje por causa deste protesto: http://expresso.sapo.pt/sociedade/2015-09-08-Taxistas-envolvem-se-em-confrontos-durante-manifestacao-contra-a-Uber

Enquanto consumidor gosto de ter alternativas (e embirro com monopólios, concessões em regime de exclusividade e outros artifícios que minam a liberdade de escolha e a lógica de mercado em que sobrevivem os melhores, os mais baratos, os com melhor relação qualidade preço.

Na manifestação de hoje os taxistas estiveram à sua altura. Nunca apanhei um Uber mas já apanhei imensos táxis em Lisboa, de dia e de noite. Hoje evito ao máximo apanhar um taxi pois já temo apanhar mais (motorista) um esquisito. Acabo por usar os transportes públicos ou um misto de metro com viatura própria. E a partir de hoje considero também Uber. A profissão, talvez por ser uma espécie de profissão por conta própria,  parece atrair pessoas com desequilíbrios vários e pouca apetência para se relacionarem com pessoas.

Já apanhei um taxista que, sem nós termos pedido qualquer tipo de pressa, voava pelas ruas de lisboa, passando sinais vermelhos e gabando-se de já ter tomado vários  whiskies mas e estar ali direitinho….

Uma vez entrei num mercedes cujo motorista levava o autorrádio altíssimo com uma música étnica estranhíssima e nem os vidros da viatura consegui baixar (estavam trancados) numa tentativa do ruído exterior abafar um pouco a “música”.

Outra vez entrei num táxi num sábado ou Domingo à tarde em que o taxista  ouvia relatos de futebol com a particularidade das equipas da 1ª e 2ª divisão não jogarem, pondo-se a comentar comigo os resultados das equipas mais obscuras, como se eu, ou qualquer pessoa comum, tivesse interesse em saber o resultado do Carcavelos ou do Casa Pia….

Recordo-me também de um taxista que ultrapassou pela direita na avenida lusíada mais de 20 carros e depois, uns metros à frente não deixou um carro que vem da direita entrar na sua faixa com o argumento “se eu esperei tu também esperas” tendo quase colidido.

Uma vez na faixa da esquerda da avenida lusíada, perto do Natal, com um trânsito brutal, um taxista à minha frente faz a avenida toda nessa faixa, muito devagar (ainda mais que o restante trânsito) deixando toda a gente meter-se à sua frente (estava obviamente ocupado, o taxi….).

Já apanhei um ladrão vigarista que, para fazer o percurso Benfica - Hospital Santa Maria, em vez de fazer a Avenida Lusíada, sempre a direito e direta ao hospital, saiu para apanhar a 2ª circular e andar às voltinhas. Sendo que quem vai para o Hospital normalmente ou tem problemas de saúde ou vai visitar quem os tem (eu ia com uma pessoa idosa), é ainda maior a falta de escrúpulos.

Já apanhei um taxi por volta das 06, 07 da manhã, muito velho em que o motorista nos pediu para empurrar o carro caso não pegasse, o que veio a acontecer. Pensei que aquilo era para o programa dos apanhados… Mas não. Era um táxi “normal” e não era conduzido por um ator.  

Portanto, para a minha experiência com a Uber correr pior terei que ser assaltado, raptado, agredido ou ter um acidente grave de viação….


https://www.google.pt/search?q=taxistas+aeroporto+lisboa&ie=utf-8&oe=utf-8&gws_rd=cr&ei=7AfvVYGQFITreaamkbgG#q=taxistas+aeroporto+lisboa+deten%C3%A7%C3%B5es.

 

 

publicado por urreivainu às 17:13
mais sobre mim
Setembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
pesquisar neste blog