Um olhar (que se pretende) diferente sobre as coisas, num mundo em que muitas vezes nos sujeitamos à ditadura do politicamente correto. Não diferente só por ser diferente mas por ser pertinente.
12 de Dezembro de 2014

Aos que perderam a vida no mar,

porque foram pescar,

estamo-nos a cagar
para essa labuta penosa e dura.

 

Mas aos que foram numa fútil noite de diversão,

com farra e álcool à mistura,

oh esses passam na televisão!

Que perda tão sofrida. Erga-se monumento!
Dois – Sugiro! Um que seja de um jumento.

 

http://www.sol.pt/noticia/120227

publicado por urreivainu às 14:00
mais sobre mim
Dezembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
pesquisar neste blog