Um olhar (que se pretende) diferente sobre as coisas, num mundo em que muitas vezes nos sujeitamos à ditadura do politicamente correto. Não diferente só por ser diferente mas por ser pertinente.
28 de Agosto de 2014

Em criança, por alguma razão, via ou passavam muitos fimes de índios e cowboys na TV. Estamos a falar do tempo em que existiam 2 canais e um Televisor a cores era um luxo. Também por alguma razão, e porque nesses filmes havia sempre lutas, eu tinha necessidade de saber quem eram os bons e os maus. Era ainda muito miúdo e não conseguia ler legendas. A resposta do meu pai era muito engraçada. Era algo como, na guerra filho, todos são maus. Aí eu insistia porque precisava mesmo perceber se os que ganhavam eram os bons ou os maus (um qualquer sentido de justiça já latente?), o meu pai lá se rendia e respondia (e temos que ter em conta que os filmes eram americanos e estamos a falar da Década de 70, início de 80) que os índios eram os maus....

 

Hoje ao ler esta notícia lembrei-me disso.   

 

Dezenas de Soldados Sírios executados pelo EI.

 

 

Ainda há uns meses o regime de Bashar al-Assad era do pior que havia ao cimo da terra e quem se lhe opunha, lutadores pela liberdade... Hoje em dia o ocidente já não vê tanto assim.... 

publicado por urreivainu às 18:15
mais sobre mim
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31
pesquisar neste blog