Um olhar (que se pretende) diferente sobre as coisas, num mundo em que muitas vezes nos sujeitamos à ditadura do politicamente correto. Não diferente só por ser diferente mas por ser pertinente.
16 de Julho de 2014

Dentro dos vários géneros literários, os contos não serão com certeza o meu preferido. Não é dessas histórias que vos quero falar mas sim do relato de acontecimentos reais. Hoje em dia temos pouco tempo para histórias. O jornalismo é o que é, pobre e mal pago, e as notícias enlatadas, breves, vazias. Os restantes conteúdos que vemos na TV ou ouvimos na rádio, pecam pela mesma insipidês, muito fogo de vista, pouco conteúdo. Não são para nos fazer pensar. No entanto há excepções. Aqui ainda se ocupa tempo a contar histórias. A transmitir conhecimento fora da atualidade do dia, do enlatado, do comunicado de imprensa. Que bom. Que refrescante.  

 

http://www.tsf.pt/Programas/programa.aspx?content_id=903681&audio_id=4029201

 

Lembrei-me de escrever este post ao ouvir esta, pese embora oiça a rúbrica há algum tempo e fique, por vezes, no carro já estacionado à espera que termine.

publicado por urreivainu às 18:20
mais sobre mim
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
pesquisar neste blog